25.1.08

Pra chegar a dizer pra vida, pro sonho, pra chegada

"Mas, e daí?"

é preciso muita coragem. Ou já ter em mente alguma resposta boa o suficiente pra continuar levando.

Eu ando fugindo da tal pergunta.

Porque na verdade eu acordo tarde e não vou fazer caminhada, não é por preguiça. É porque não quero.
Torna-se irritante imaginar um dia com mais horas do que ele já tem.

Um comentário:

Rodrigo Borges Carrijo disse...
Este comentário foi removido pelo autor.